Embora o stress seja uma das razões mais citadas pelas quais as pessoas não conseguem dormir, há outro fator que pode estar a mante-lo acordado à noite: a sua alimentação. Determinados alimentos podem interferir significativamente com o seu sono.

Aqui está a nossa pequena lista (negra):



Decléor

Álcool: Um copo ou dois antes de deitar pode deixá-la sonolenta, levando muitos a acreditar que é na verdade benéfico para o sono. Mas embora possa fazer adormecer mais rapidamente, a investigação demonstra que beber álcool aumenta a probabilidade de acordar durante a noite, deixando-a com a sensação de ter descansado menos quando acorda.

Alimentos condimentados antes de deitar pode dar-lhe uma indigestão que torna quase impossível conseguir uma boa noite de sono. Isto pode dever-se à capsaicina, um ingrediente ativo nas malaguetas, afetando o sono através das mudanças na temperatura do corpo.

Chocolate preto: A forma mais saudável de chocolate de uma perspetiva antioxidante – pode conter níveis elevados de cafeina que a mantêm acordada à noite se for sensível a isso. Contém ainda teobromina, um composto que tem efeitos semelhantes aos da cafeína. Pare de comer pelo menos 3 horas antes de se deitar!

Controle o sal: Alimentos processados como refeições prontas a comer e muitos pães e sopas contêm uma grande quantidade de sódio, que pode interromper o sono ao aumentar a pressão arterial e desidratando.